HOME
  A FARSUL
  DIRETORIA
  INFORME FARSUL
  JORNAL SUL RURAL
  SINDICATOS
  COMISSÕES
  ASS.CRIADORES
  ASS.ECONÔMICA
  DEPTO.SINDICAL
  DEPTO.JURIDICO
  ESTATUTO
  DOWNLOADS
  LICITAÇÕES
 



 
Farsul demonstra preocupação com futuro do arroz e anuncia qualificação de produtores
20/02/2017 - 18:00:00
 
O Sistema Farsul esteve presente na 27ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que aconteceu na Estação Experimental do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), em Cachoeirinha (RS), entre os dias 16 e 18 de fevereiro. Além de um estande que divulgou as ações das três casas, diretores e técnicos da Farsul, Senar-RS e Casa Rural participaram das diversas atividades ao longo dos três dias de evento. A preocupação com o futuro da cultura arrozeira e a qualificação de produtores rurais foram os principais temas tratados entidades.
Na cerimônia oficial da abertura da colheita, o Sistema foi representado pelo presidente da Comissão do Arroz da Farsul, Francisco Schardong, que, com um discurso forte, afirmou que “plantar arroz no Rio Grande do Sul é praticamente uma gincana”. Ele lembrou todo o processo enfrentado pelo produtor, que inicia na dificuldade em se conseguir financiamento e passa por questões como PPCI e NR.
Outro ponto de destaque da fala de Schardong foi o alerta para que a Conab esteja preparada para agir na busca da garantia de preço. Para o dirigente, não pode haver demora na utilização dos mecanismos disponíveis como a AGF para dar segurança ao produtor. “Não podemos deixar acontecer com o arroz o que vem acontecendo com o trigo”, afirma.
Ainda na manhã de sábado, o programa Juntos para Competir, parceria entre Farsul, Senar-RS e Sebrae/RS, e o Irga firmaram convênio para melhorar a gestão rural dos arrozeiros gaúchos em 2017. Representantes das entidades e do instituto de pesquisa assinaram o documento para dar início ao projeto Boas Práticas de Gestão para Arrozeiros na Região Centro, que também prevê ações nas regiões Sul e Metropolitana de Porto Alegre. A expectativa é atender 60 propriedades em projeto piloto.
A capacitação faz parte dos 31 projetos coletivos que o Juntos prepara para o ano. De acordo com o presidente do Sistema Farsul e do Conselho Deliberativo do Sebrae/RS, Carlos Sperotto, o objetivo é criar um modelo de referência a ser multiplicado, no futuro, em centenas de propriedades que cultivam o cereal. O dirigente reforça ainda o compromisso de atingir os empreendimentos rurais de pequeno porte e que apresentam baixas produtividades, melhorando consideravelmente ações fundamentais como controle de finanças, investimento em tecnologia, recursos humanos e integração com o mercado. “Vamos trabalhar com os que hoje estão mais embaixo e nivelar com os top de linha. O setor vai bem, mas pode melhorar”, disse Sperotto, em breve cerimônia no estande da Farsul em Cachoeirinha.
O diretor-superintendente do Sebrae/RS, Derly Fialho, afirma que o projeto está em fase embrionária, mas deve ter avanço significativo já nos próximos dias, a partir da assinatura do convênio. A ideia, por outro lado, já estaria bem clara entre as entidades e seus quadros técnicos. “Esses primeiros grupos de produtores funcionam como unidades demonstrativas. Vamos testar diversos modelos de gestão para ver quais se adaptam melhor à realidade do setor”, explica Fialho.
 
Clique aqui para ver fotos da noticia.
 
Fonte: Imprensa Sistema Farsul
 
Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul
Praça Prof. Saint Pastous, 125
Fone: 51 3214.4400 - Fax: 51 3221.9113
E-mail: farsul@farsul.org.br
Caixa Postal 1.114 - Cep 90.050-390
Porto Alegre - RS