Farsul

Plano de combate à aftosa é debatido no Fórum Nacional de Febre Aftosa

CNA e Farsul consideram necessária maior participação do poder público


- (Joel Vargas / Agência Preview)

O Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), foi palco para a primeira edição do Fórum Nacional de Febre Aftosa, promovido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária e desenvolvimento Rural (SEADPR). Ao longo desta sexta-feira (30/8), representantes de órgãos públicos e entidades representativas debateram sobre a participação do setor privado junto ao Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa 2017/2026 (Pnefa). A ideia é que o evento seja bianual e sirva para informar e discutir sobre o andamento da execução do Plano Estratégico do Pnefa e seu impacto nos mais variados setores.

A Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) foi representada pelo coordenador do Grupo de Trabalho de Sanidade Animal, Mauricio Saito. Ele falou sobre as ações da CNA dentro do Pnefa e o papel do produtor rural. Para Saito o encontro foi importante para colocar a leitura feito do plano pelo produtor. "Avançamos, mas dependemos de ações fortes do poder público. Das 102 ações do Plano Estratégico, participamos de 32 e cumprimos nosso papel , especialmente de conscientização dos produtores por meio das federações e sindicatos", explica.

O assessor Técnico da Farsul, Luiz Alberto Pitta Pinheiro, também participou do fórum e avalia o evento como muito importante e oportuno. "Ele mostrou a atual situação e que o Plano Estratégico precisa de uma série de reencaminhamento de processos, novos prazos participação maior do poder público na responsabilidade compartilhada", avalia.

 

SEE ALSO ...