Farsul

Avançam negociações para redução do ICMS do feijão nas exportações interestaduais

Avançam negociações para redução do ICMS do feijão nas exportações interestaduais


Estão avançadas as negociações da Farsul com a Receita Estadual para redução do ICMS do feijão nas exportações interestaduais. Nessa semana, o diretor da Federação, Narciso Barison Neto, e o assessor econômico, Antônio da Luz; estiveram reunidos com o sub-secretário da Receita, Claudionor Barbosa, e o chefe de gabinete, Luiz Eduardo Machado, avaliando o andamento da solicitação encaminhada pela Farsul no início de 2009. No ano passado, a Secretaria da Fazenda reduziu o ICMS de 12% para 7%. O pedido da Farsul é diminuir para 1%, igualando ao percentual praticado pelos estados de SC, PR e SP. Hoje, o feijão gaúcho encontra dificuldade para chegar a outros mercados porque além do frete, a alíquota interna de ICMS é mais alta. Na década de 90, quando as alíquotas eram equilibradas, o RS plantou 225 mil hectares de feijão. A partir do desequilíbrio fiscal, a área plantada caiu para 100 mil hectares. A Farsul entende que com a mudança no ICMS, o cultivo aumentará no RS, retornando aos níveis passados. Outro argumento da Federação é que a redução no ICMS não provocará aumento no preço ao consumidor. Ao contrário, há tendência de baixa no valor porque com o crescimento da produção haverá mais oferta.

SEE ALSO ...